Câmara de Vereadores de Teutônia

Pronunciamentos

2016-12-08

 

Vereador Hélio Brandão: saudou a presidente Mareli, colegas Vereadores, comunidade presente; o Vereador eleito Diego Tenn Pass; agradeceu o espaço e falou dos Projetos que deram entrada nesta noite; já se coloco favorável à aprovação dos Projetos, e parabenizou a Mesa Diretora pela iniciativa do Projeto Legislativo, também que ficará nas comissões baixadas, boa iniciativa, á favorável. E sendo esta a penúltima sessão do seu segundo mandato em Teutônia, para não deixar para a última sessão, fez algumas reflexões qual o dever, o direito do Vereador. Muitos não entendem, ou muitos até acham que o Vereador tem o poder, a caneta, o poder de fazer, mas não tem. O Vereador que está aqui, é eleito pelo povo, vai às casas, pede votos, pede apoio, e vem aqui representar. É um poder constituído, é o poder legislativo, a qual auxilia o Poder Executivo. Trazendo aqui, as reivindicações da comunidade. E muito o fez, neste seu segundo mandato, conversando com a professora, com mais de oitenta e quatro anos, conversou e pretende fazer no terceiro mandato que se inicia no dia primeiro de janeiro de dois mil e dezessete. Conversando, ontem, com a professora aposentada, com mais de oitenta e quatro anos, a professora, dona Maria, parabenizou pelo empenho que ela fez; a presidente Mareli, também se empenhou pela liberação, do sentido vai e vem da Rua Lucildo Schaffer. Uma pessoa com mais de oitenta anos, que muito contribuiu nas comunidades, nas nossas escolas. Que na época eram outras leis, e avançou muito, é claro que umas para melhor, outras para pior, limitaram muitos os professores, que das crianças, são os segundos pais. Empenhou-se com mais de cento e cinquenta assinaturas, daquelas comunidades, Oito e Nove, Parque Poliesportivo para a liberação daquela mão; para desafogar a Rua Arnaldo Krug, e aquela sinaleira, o pessoal sai queimado com criança, para levar para as creches, pega fluxo intenso na Rua Dom Pedro II, com Arnaldo Krug, e ali muitas vezes chegam atrasados em suas empresas. O Prefeito nem sequer deu bola. Por que não liberar? Ah, jogava para a comissão de trânsito. Mas falava na tribuna na semana passada. Prefeito e Vice não governam sozinho. Cadê a atuação de CCs e Secretários? Aquela comunidade se mostra indignada. Não por isso que foi uma votação expressiva para este governo que assume a partir de janeiro. Secretário Marcelo, a partir do ano que vem. Que ouçam a comunidade, e por quê? Pode errar, mas com a comunidade, se erra mais. Porque ninguém fica para sempre no poder, Vereador Valdir. Esse prefeito está saindo, este Vice está saindo. Entra uma nova equipe no ano que vem. E estamos com um aval por quatro anos da comunidade, tanto o Prefeito, como o Vice. Então todo o pedido do alto desta tribuna, indicações este vereador fizer, Vice-prefeito Valdir, será para a comunidade, e não só pensando no Vereador Hélio Brandão. Porque também é comunidade. Também usufrui do trânsito, das praças. Falando em praças, comentou sobre um terreno baldio, a qual está criando brejo. Colocou-se à disposição, e muitos dos colegas lembram, em pagar areia para fazer um parquinho de diversão no terreno da prefeitura. E hoje é feito estacionamento com empresa do bairro Canabarro. Disse que não pediu; claro que fica nas imediações de sua residência, mas tem muitas moradias, não foi ele que pediu, foi a comunidade, foi feito um abaixo-assinado, se colocou à disposição para pagar a areia, nada foi feito. Para que Secretários? Os pedidos dos Vereadores são pedidos da comunidade. Por isso o Vereador é o representante do povo, esta é a Casa do povo. Então fica aqui o seu desabafo, não é crítica para quem está encerrando o mandato, e não é só de asfalto que sobrevive uma administração pública. Nós precisamos de agricultura, setor primário. Sem alimento ninguém faz nada. Sem saúde também não. Sem esportes, sem obras, mas não são só obras, não é só capeamento asfáltico. Tem que embelezar a cidade. Tem que ver o que mais a nossa cidade necessita. Fica aqui o seu desabafo. Também falou do rompimento do Poder Executivo com o Grupo Popular, que vinha de anos, desde o início do município, com funcionários, secretários, o Prefeito e o Vice. Cada sábado de manhã, informar os feitos, e o que se previa fazer, foi rompido este acordo, não sei se moral ou verbal, mas não se fazia por um tempo isso aí. Então é lamentável, mas esperamos que os novos gestores, os nossos administradores, os próximos façam um bom governo para a comunidade, em prol da comunidade, e ouvindo a comunidade. E abrindo as portas do gabinete do prefeito. E não se fala do Vice, porque o Vice fez um trabalho muito bom. Agradeceu a presença de Evandro Biondo, o atual Vice-prefeito, ouvindo a comunidade, mas precisaria de um suporte maior de quem tem a caneta final. Muito obrigado a todos, fiquem todos com Deus.


Vereador Valdir do Amaral: saudou a presidente Mareli, já falou na tribuna de seu trabalho. Também foi seu colega em dois mil e quatorze, sendo presidente junto com nossos colegas Vereadores, em dois mil e onze, fazendo a conta nesta Casa, durante esses oito anos, foi mandado mais ou menos, uns cinco milhões de reais, foi devolvendo para os cofres públicos. Está aqui o Vice-prefeito que também foi presidente desta Casa, e devolveu também. O Prefeito eleito Jonatan também devolveu e assim por diante. Com certeza os próximos presidentes, que serão os próximos Vereadores nesta Casa; com certeza também vão devolver para as Secretarias, para o Executivo, para o povo. Disse ao Vereador Hélio Brandão, sobre a Rua Lucildo; que pena que esta rua só foi feita a pedido de três moradores, que hoje, talvez dois não morem lá. Não tem certeza, mas já foram para Estrela, outros foram para Lajeado, não sabe ao certo, mas juntos com o setor de trânsito, setor de obras, vão rever esta rua. O que for pedido pela comunidade. O Vereador Marcelo Brentano, que vai ser Secretário na próxima administração, ao Pablo, também, e aos demais colegas que vão assumir uma pasta, já tiveram reuniões junto com o Prefeito eleito; também fez parte; disse que achou muito bonita a palavra que ele colocou, nós vamos trabalhar ouvindo a comunidade. É isto que esta administração vai fazer. Comentou que talvez vá à imprensa falar que muitas pessoas, algumas, que hoje a política é feita a favor e adversários. Está assumindo a Secretaria de Obras, vai assinar na Secretaria sem ganhar salário de Secretário, deixou bem claro. Se alguns que são da oposição, ou algumas pessoas que estão enganadas em relação ao dinheiro público; sempre fez isso como Vereador, sempre respeitou o dinheiro público. Disse ao Vice-prefeito Evandro Biondo, seus colegas Vereadores, que vai atender como Vice-prefeito, como falou no palanque; vai assumir como Vice-prefeito. Esse salário será poupado, para construir o Pronto-Atendimento do bairro Canabarro que será aberto. Disse que não tentarão abrir. Vão abrir. O Posto do Alesgut, também, talvez no dia dez ou quinze; ouviu que vai ser reaberto, mas vão ampliar este posto. E muitas coisas que vão ser feitas no município de Teutônia. As coisas boas serão dadas continuação. E têm muitas coisas que sempre é bom trocar ideias novas, tanto faz em qualquer setor, que as ideias novas vêm, talvez a velha não veja, mas a nova vê. Então disse para o povo de Teutônia sobre a saúde, que é o carro chefe do município de Teutônia, que onde o nosso povo precisa, com certeza, que eu vou ajudar o nosso povo na Secretaria de Saúde. Primeiro, a saúde do povo, o povo satisfeito; também começar a fazer obras. Nós vamos começar, mas primeiro é a saúde. Talvez, alguém diga, porque não foi anunciado um Secretário de Saúde. Como o Prefeito eleito falou, estamos vendo; talvez janeiro, fevereiro, março, antes colocava para os colegas, os salários, que eram de Secretários, de subsecretários, serão poupados, só ali, mais de sete mil reais. Isto sim, se pode começar a colocar, Vereador André, para a saúde de nossa população. Vereadora Mareli, que foi Secretaria do município de Teutônia, sabe o quanto é importante a saúde do povo. E por isso que vamos assumir algumas Secretarias para assim fazer o que o nosso povo muito espera. Disse que esse governo que foi eleito, para dois mil e dezessete, ele não assumiu ainda, estamos no mês de dezembro, e ouve algumas pessoas querendo colocar em cima da administração que vai assumir. Chega de fofocas. O trabalho que foi feito, por uma administração quando começou no município de Teutônia. Vamos respeitar essa administração que está encerrando o seu ciclo. Disse que o grupo, os Secretários, subsecretários, funcionários, não irão colocar as coisas ruins em cima dos Vereadores. Será compartilhado com os Vereadores, o que é bom também do que se passa no governo. Muitas vezes falou nesta tribuna, e não vai cansar de repetir, as coisas boas que foram feitas, desde o começo do município de Teutônia, vão continuar. O Vereador Hélio Brandão, falou que não é para sempre. Políticos que passam e façam o trabalho, é uma passagem, ele só deixa as coisas que foram feitas para o nosso povo de Teutônia. A vida continua, não terminou agora nesta administração. Disse aos colegas Vereadores, quem passou aqui, nesta Casa, vai dar o respeito a vocês. E é isto, esta administração, a partir de dois mil e dezessete vai fazer. Parabéns, Vice-prefeito Evandro Biondo, pelo teu trabalho, que recebeu as pessoas em seu gabinete. Infelizmente o atual Prefeito, não conseguiu receber, mas talvez ele tenha argumentos para isso. Mas com certeza de que este Prefeito em dois mil e dezessete, que vai assumir no dia dois de janeiro, porque domingo é dia primeiro, ele vai receber sim, o nosso povo vai atender com muita dedicação e ouvir a nossa população. E esse Vice-prefeito também, vai fazer do mesmo modo, vai trabalhar e ouvir o nosso povo e assumindo essa Secretaria e vai se doar de corpo e alma para o povo de Teutônia. Esse é o trabalho que eu vai fazer durante esses quatro anos. Obrigado, senhora presidente.

Vereador Marcos Quadros: saudou a presidente Mareli, colegas Vereadores, funcionários, a imprensa, em especial nosso Vice-prefeito que se faz presente, membro do corpo de bombeiros voluntários de nossa cidade, Secretários, Vereador eleito Diego Tenn Pass, eleito na última eleição municipal. E começou o seu pronunciamento frisando um pouquinho a vivência legislativa; que antes o Vereador Hélio Brandão falava sobre a sua trajetória na nossa última legislatura, a qual foram colegas, assim como todos que estão aqui assentados; e antecedendo um pouquinho este momento, no gabinete da presidente; comentaram sobre o polimento que a convivência legislativa entre os Vereadores, dá a cada perfil político, a cada pessoa em si. E acredita que esse polimento e necessário para quem queira seguir na política, pois se agrega muita vivência, com mais experiência, é muita informação, e muita conduta pessoal também. Confesso que no início dessa legislatura, embora conhecesse um pouco o serviço público por ter já participado da administração, no Poder Executivo Municipal e também acompanhava as sessões do legislativo em nosso município. Disse que se frustravam quando defendia uma ideia, e quando a ideia era derrotada pela maioria dos votos. Com o passar do tempo, e às vezes, levavam algum ressentimento pessoal com isso e essa convivência legislativa nos pule, neste sentido. Hoje acompanhava o pronunciamento pela rádio gaúcha, onde uma pessoa com longa experiência jurídica e comentarista jurídico da emissora, falava que acompanhava os votos vencidos, na votação ontem do Supremo Tribunal Federal. E que se diria respeito da liminar que afastava Renan Calheiros da presidência do Senado. Então esse sentimento de democracia; onde a maioria vence, e esse polimento político, que essa convivência toda dá; está explicando isso pelo fato de que teremos dois membros do executivo; que compuseram a cabeça da chapa na última eleição, e será a administração da cidade, que já fizeram parte da Câmara de Vereadores. O Valdir que será Vice-prefeito, assim como nosso candidato a Prefeito e eleito, Jonatan Brönstrup, fez parte destas cadeiras, as quais os senhores estão sentados, e sabem da importância da indicação de um Vereador, sabem que o Vereador é o último elo da cadeia política dos eleitos; é ele que passa toda a bagagem, de desgaste e de pressão, de toda essa demanda que as pessoas que convivem nas cidades, moram e vivem nas cidades passam ao setor público. A primeira pessoa que é informada do problema, indiferente se for de ordem jurídica, executiva ou legislativa é o Vereador. Se alguém tiver doente na cidade, a primeira pessoa a ser procurada, muitas vezes, não é o médico, que seria o ideal a ser feito, às vezes, é o Vereador. É preciso ter suporte para atender essa demanda, e não decepcionar ninguém. E é frustrante para o Vereador; acredita que todos os senhores já passaram pela experiência, que este Vereador também passou; quanto se leva uma demanda para o executivo, e o executivo não tem essa sensibilidade de saber que não é uma demanda particular do Vereador, e um pedido de alguém da comunidade que está esperando uma resposta do poder público. Acredita muito na capacidade do nosso candidato eleito, Jonatan, assim como confia no Valdir, tanto é que defendeu a bandeira de deles durante um bom tempo, na campanha eleitoral, e também anteriormente a ela. Porque acompanhando às indicações dos Secretários; o Valdir e o Pablo, na pessoa do Jonatan, embora não esteja se envolvendo muito nas indicações, no Executivo, mas está acompanhando o trâmite e dando algumas sugestões também, e o nosso colega Vereador também vais ser Secretário. E sente o sentimento moderno na política mundial, que é aquele sentimento que se tem de fazer gestão, tem que fazer economia, porque é o momento propício para isso. E se faz isso, buscando dar um maior suporte do poder público, para que as pessoas saiam beneficiadas com esses valores que sobram. Em um retrato instantâneo da posição do Jonatan em relação ao seu governo, nas mídias, ele tenta expor isso, que quer economizar dinheiro e oferecer mais serviços para a população. Existe também àquelas pressões políticas que sugerem nomes, e existe, também, um posicionamento destacado dele que quer colocar cada pessoa no seu cargo levando primeiramente o perfil e a capacidade, e a formação de cada pessoa visando a capacitação que ela tem para oferecer o melhor de si, ao poder público. Esse é o sentimento que ele tem; está presenciando; não falou nem em nome dele, mas existem muitas pessoas que buscam no serviço publico, e muitas vezes não tem o perfil técnico para aquela, não se fala nem em capacidade, mas o perfil técnico para aquela e suprir o que aquele cargo exige. Então sinto e presencio, e falo isso, tanto nas mídias, quanto na população em geral; o Prefeito está se dedicando ao máximo para oferecer um corpo administrativo com capacidade técnica, com perfil político também, porque há necessidade de uma pessoa que está sentado em uma cadeira do poder público, de se sensibilizar com a demanda de cada cidadão. E, às vezes, o perfil político associado ao perfil técnico consegue filtrar e corresponder às expectativas que essa pessoa tenha ao levar uma demanda para a comunidade. Então acredita muito no governo do Valdir e Jonatan, principalmente neste perfil que eles têm. De terem sidos Vereadores, terem tido este polimento necessário para o vínculo da população e poder público, e acredita que todos os Vereadores vão ser ouvidos por eles. Diferente de classe, religião, posição política, oposição ou situação; com certeza absoluta, e é capaz ainda de se comprometer com isso, que cada Vereador, na sua plenitude de poder, com os votos que a si foram apresentados, vão ter espaço e vão ser ouvidos pelo Prefeito Municipal e pelo Vice, pelo que conhece deles. Isso é o sentimento que o magoa nesses quatro anos, de não ter tido, pela atual administração. O acolhimento do Prefeito, na busca de oferecer uma demanda para o executivo. E está contente que a próxima legislatura, vai poder ter isso em suas mãos, é um compromisso que o Prefeito já relatou e traz dando essa garantia. Muito obrigado presidente pelo espaço e até a próxima oportunidade.

Vereador André Böhmer: agradeceu a presença de todos. Secretários, futuro Secretário Pablo, o Vereador eleitoDiego, a pastora, o Vice-prefeito, o Markyson, agradeceu a comunidade presente. E agradeceu em primeiro lugar, ao Prefeito, pela conclusão das obras. Disse ao Beti, que iria agradecer, porque ele disse que ia fazer e agora o fez. Agradeceu a administração por ter atendido um pedido de longa data, batalhando em cima dessas obras, o recapeamento das ruas do bairro Teutônia. É um pedido que já vinha trabalhando há anos, há três anos, já vinha pedindo isso, e agora felizmente é concluído; agradeceu pela conclusão dessa obra. Hoje esteve em Porto Alegre e foi informado pelo assessor do Deputado Elvino Bohn Gass, onde conseguiu uma emenda para um ginásio esportivo para a comunidade da Linha Harmonia e foi informado de que essa obra está em efeito suspensivo por falta de projeto, atraso no projeto da administração. Então acredita e espera que essa administração resolva esse problema o quanto antes; ou então já deixou o seu pedido de antemão, Vice-prefeito Valdir, e Secretários Pablo e Marcelo, que o executem e não deixem cair no esquecimento e perder essa emenda, porque essa comunidade vai agradecer muito por essa obra. Então pediu encarecidamente para que olhem aquela comunidade que tantos pedidos já fizeram por esta obra, e agora que conseguiram essa emenda vamos valorizar e não deixar de executá-la. Era este o seu pedido para a administração atual e futura administração que executem esta obra na Linha Harmonia. Por hoje era isso, muito obrigado.

Vereadora Mareli Vogel: saudação aos colegas Vereadores, a imprensa, assessores da Casa e em especial, o nosso Vice-prefeito, gratidão por sua presença sempre nessa Casa, pelo seu empenho, trabalho e diálogo com o poder legislativo. Da mesma forma, registrou a presença da pastora Ivanise, da comunidade luterana do Bairro Teutônia, cumprimentou por estar à frente deste trabalho social, das escolas de música de coral, e do empenho que tem; veio ao nosso encontro na tarde de hoje para agilizar e lhe auxiliar nas demandas no próximo ano. Desejamos sucesso e que esta Casa, e os demais Vereadores que permanecerão, continuem empenhados nesta causa do projeto deles, que é de grande relevância para a sociedade e para a formação dos jovens. Também cumprimentou o presidente dos bombeiros, o Marckyson, sempre parabenizou pelo trabalho. Registrou o evento que acontecerá no próximo sábado, de formatura de novos bombeiros, também da capacitação da corporação voluntária do Corpo de Bombeiros. Também registrou a presença como já foi saudado do Pablo, como Secretário e o Vereador eleito Diego Tenn Pass; agradeceu a presença. E ao Pablo e ao Valdir, ao Brentano, que vão compor o novo secretariado, que mantenham essa aproximação do Executivo com a Câmara de Vereadores; que possam participar das sessões, de reuniões de comissões, que possam participar do debate, do diálogo em conjunto. E com certeza, isso vai favorecer muito o desenvolvimento e crescimento, e a maturidade da diferença entre os poderes, e o respeito e o empoderamento de cada um deve ter, tanto o executivo, o legislativo e o judiciário. Dito isso reforçou o convite para o evento de transição que marcou, e pediu para a imprensa ajudar nessa divulgação, o evento de transição do legislativo. É uma iniciativa dessa Casa, iniciativa única no Vale do Taquari, e a gente tem convidado os Vereadores eleitos, os suplentes de Vereadores, todos os candidatos, todos os candidatos que quiserem participar. O convite é aberto à comunidade, vai ser no dia quinze, às dezoito horas no auditório da CIC. E também estendemos o convite para as Câmaras que fazem parte desta microrregião, Paverama, Westfália, Poços das Antas, Imigrante, Colinas, Fazenda Vilanova, para que se possa ampliar. Vão ser palestras com o assessor jurídico da Casa, o Fábio Gisch, com o contador da Casa e do Poder Executivo, o Daniel, e o jornalista Adriano Mazzarino que vai trazer orientações sobre a parte de marketing, comunicação, enfim, uma preparação. Registrou também, que na manhã de hoje, a Mesa diretora participou de um evento em defesa do leite, na verdade cadeia produtiva do leite, junto com o nosso STR, com a comunidade de Languiru. Tivemos a honra de ser representado na mesa do debate pelo nosso presidente da Cooperativa Languiru, também de nossa representante do Sindicato, a Liane Brackmann, da mesma forma, o Marcelo representando a Emater. O futuro prefeito de Westfália fez parte dos debates, podendo trazer as demandas. Sentimo-nos orgulhosos das grandes lideranças que a nossa região, nosso município, a nossa microrregião tem, e que estão à frente no Estado; disse que defende essas causas da agricultura familiar, do agronegócio, de grande relevância. Estamos encerrando o nosso mandato, hoje nossa penúltima sessão, teremos a nossa última sessão ordinária no dia dezenove de dezembro, e agradeceu e registrou o empenho da Mesa Diretora e dos demais colegas Vereadores, a qual sempre teve e tem o apoio, o diálogo. Agradeceu as palavras dos que a antecederam; registrando as palavras do Vereador Marcos, do Vereador Hélio e dos demais, de que esta Casa, realmente, nesta legislatura procurou trabalhar de forma unida, respeitando as diferentes posições, mas enfim, olhando além do fortalecimento desta Casa, e dos interesses maiores, interesses da nossa comunidade, dos nossos munícipes. Faltou sim, talvez diálogo, com o nosso executivo, mas não de nossa parte, mas enfim. Desejamos a você, Valdir, que é o futuro Vice-prefeito, que mantenha esse diálogo, da mesma forma que citou os Secretários. A Câmara, a Mesa Diretora propõe hoje, um projeto que dispõe da criação da Escola do Legislativo Municipal de Teutônia, que tem por finalidade estimular ações que fomentem a implementação do estudo da cidadania, direitos humanos, ambientais, públicos e constitucionais. Como professora, assim como o Ariberto, e também o Marcelo Brentano, sentiam a necessidade de deixar esse legado, futuros Vereadores, e também aos demais que vão permanecer nesta Casa, e para a comunidade de Teutônia. Através deste projeto, oportunizar o estudo para a compreensão e participação popular nos direitos e deveres da cidadania; estimular a aproximação da Câmara Municipal e população, por meio de criação de projetos de educação política e de mecanismos de participação popular visando o fortalecimento do poder legislativo como instrumento essencial do Estado democrático e ao exercício da cidadania. Da mesma forma, este projeto visa estimular a interação da Câmara e alunos da rede pública e comunidade em geral. Através da implantação do projeto “Visite a Câmara”, que dispõe de visitas orientadas e agendadas a estudantes e outros grupos da nossa comunidade à sede da Câmara Municipal. Oportunizando conhecer e interagir com a sua estrutura física, administrativa, e com o memorial histórico dessa Casa. Desenvolver programas objetivando a formação e a qualificação de lideranças estudantis, comunitárias e políticas. Enfim, aqui no mesmo projeto, então, temos um anexo que dispõe sobre este programa, “Visite a Câmara de Vereadores”; estimulando, que ao exemplo desse ano, retomamos esse trabalho de visitas, trazendo os alunos, as crianças das escolas aqui, simulando uma sessão, simulando uma votação de projetos, enfim, aulas de cidadania, que tivemos aqui. Esse projeto poderá ampliar essa parceria e abrir cada vez mais essa Casa para a comunidade. Grata pela atenção de todos, seria isso.

ORDEM DO DIA: Projeto de Lei nº. 103/16 do Poder Executivo Municipal – Autoriza a abertura de crédito adicional suplementar no valor de R$ 950.000,00 (novecentos e cinquenta mil reais) e dá outras providências. Seguindo, foi colocado em discussão e em ato contínuo colocado em votação. Projeto de Lei nº. 104/16 do Poder Executivo Municipal – Autoriza o Poder Executivo Municipal a incluir quadras no zoneamento fiscal e dá outras providências. Seguindo, foi colocado em discussão e em ato contínuo colocado em votação.