Câmara de Vereadores de Teutônia

Pronunciamentos

2016-10-27

Vereador Ariberto Magedanz: iniciou saudando a presidente e demais colegas Vereadores; cumprimentou a imprensa e de forma a todos os que assistem; é a primeira vez que ocupa a tribuna após as eleições. Cumprimentou a todos os eleitos, ao Executivo em nome do Valdir, os novos  eleitos do Legislativo, os novos Vereadores, Eloir, Paniz, Aline e o Tenn Pass e os colegas que se reelegeram. Solicitou que a Mesa Diretora encaminhasse um ofício a todos os candidatos que concorreram nestas eleições e participaram desta caminhada, porque se colocaram à disposição, concorreram a um cargo eletivo; e tendo uma pequena experiência nisso, muitas vezes são valorizados, outras vezes nem tanto, com certeza muitos candidatos que concorreram nunca mais vão ser procurados pelos partidos políticos, e de repente este momento vai passar em branco. Então seria uma forma de valorizar a todos os que se candidataram. Porque pelos programas que viram e ouviram, todos eles tinham boas propostas para o município e merecem o reconhecimento desta Casa. Agradecer por terem colocado os seus nomes à disposição. A todos os candidatos à majoritária e a todos os candidatos a Vereadores, independente de eleitos ou não, independente do número de votos feitos. Mas com certeza todos quiseram, todos tentaram contribuir com a comunidade. Também anunciou de que algumas proposições que encaminharam durante o ano estão sendo efetivadas, estão sendo realizadas, então na próxima semana iniciam algumas obras de capeamento. E principalmente se refere à comunidade da Linha Clara, que vai receber o capeamento em frente à Sociedade, a nossa entidade social, então o asfaltamento em uma rua próxima ao frigorífico da linha Clara, foi um pedido para atender a questão, para atender a sanidade animal, da vigilância, estão recebendo também um trecho do asfalto nas imediações do frigorífico. O bairro Boa Vista está sendo contemplado aqui no bairro Languiru também, assim como a construção da Escola Boa Vista está em pleno andamento. Hoje está entrando Projeto na área da cultura, quer dizer que não parece que se está em final de mandato; nem parece que houve eleições, pelo que sabe, pelo menos, nesse ano não tiveram obras eleitoreiras. Então é assim que querem que o município continue, levando a sério, fazendo gestão e acredita que o cumprimento destas obras vão enaltecer também esta Administração Municipal que está findando e em nome do Vice-prefeito Biondo, cumprimentou o Prefeito Renato, por esta postura em ano de eleições, fazendo cumprir com todos os seus compromissos. Por fim comentou um pouco sobre a questão da Certel, não é que se queira e certamente ninguém gostaria de estar na sua situação e na situação do conselho, porque é uma situação difícil, é uma missão árdua; não cabe aos Vereadores dizerem que isto está ou não está errado, é uma decisão que foi tomada em assembleia, tem que respeitar; cabe pedir apoio da comunidade e assim, tem um pedido todo especial ao Presidente e a toda a sua equipe de que ainda mais agora, com toda esta situação que leve muito mais a questão da gestão a sério. Eu sei que vocês fazem isso com muito esmero, mas agora triplicando este compromisso com certeza a responsabilidade da administração da Certel passa ser muito maior ainda. Então que a palavra gestão seja uma meta a ser seguida com muito mais afinco; para que se possa mostrar para os nossos associados de que esta situação tem como resolver e com certeza o associado vai dar a sua contribuição, mas por outro lado ele quer ver a sua cooperativa continue merecendo este crédito. Seria este pedido a fazer em nome da comunidade que as perguntas são muitas; as dúvidas são muitas, mas com certeza de que esta será uma situação passageira, e já foi anunciado aqui, que se estudasse uma forma de retribuir essa quota capital ao nosso associado; então aí a situação se ameniza um pouco, com certeza continuaremos a escrever a história da Certel, mas com muito orgulho do nosso município. Obrigado.


Vereador Marcos Quadros: saudou os Vereadores, a imprensa, aos funcionários da Casa, a comunidade geral que se faz presente através de suas representatividades, Vereadores eleitos, suplentes de Vereadores; comunidade geral, em especial aos membros da diretoria da Certel, que hoje tem uma missão árdua de tentar salvar a cooperativa que traz tanto orgulho em tê-la no município e cabe a nós também refletir sobre toda esta questão, a qual foi exposta. Inicialmente fez menção ao pedido de vistas ao parecer do Tribunal de Contas do Estado para as contas do atual prefeito do vice-prefeito referentes às contas de dois mil e quatorze; ao qual pediu baixa na última sessão, para que pudesse analisar e tirar as suas conclusões. Feito isso durante a semana, com o compromisso de informar aos senhores alguns apontamentos que foram feitos na gestão do nosso Prefeito Renato Airton Altmann e do Vice-prefeito Evandro Biondo; no que diz respeito a um apontamento que tiveram sobre o não cumprimento da Lei de Transparência, a Lei 12.527 de 2011, Tendo essa verificação nenhum cumprimento dessa lei. Então nas contas há um pedido pelo Ministério Público de Contas do Estado a uma multa ao senhor Renato Airton Altmann por descumprimento dessa lei; e posteriormente, ao julgamento do plenário do Tribunal de Contas, a multa foi trocada, pelo pedido do plenário do Tribunal de Contas do Estado para que fossem saneadas todas essas irregularidades; em seguida o município e o Prefeito se defendem colocando então às claras, o saneamento dessas irregularidades; mas a irregularidade houve e isso está bem especificado no relatório final do Tribunal de Contas e então foi tipificado o não atendimento às leis no período de 2014 da Lei 12.527 de 2011, na atividade de dois mil e quatorze do nosso Prefeito Renato Airton Altmann. É sua obrigação divulgar isso aos senhores; passa ao voto em seguida da aprovação ou não das contas, disse que particularmente vai votar a favor do parecer, por entender que não houve prejuízo ao erário público e o não atendimento das leis foi sanado em seguida. Sem delongas, o que eu tinha para citar no momento era isso em virtude do seu pedido de vistas ao processo de contas da administração de dois mil e quatorze. Tendo em vista a explanação da Cooperativa Certel, deseja que a Cooperativa continue sendo este atendimento que oferece aos nossos consumidores de energia. Inicialmente não vai me posicionar nem contra nem a favor a essa medida tomada pela Cooperativa; porque até então é uma oferta recente, e prefere se resguardar e se posicionar, de repente, em outra oportunidade; mas acredita que, como o senhor Erineo colocou, é uma medida necessária para que a Certel salve as suas finanças, e continue prestando serviços aos Teutonienses e a toda a região que usam essa o serviço da energia da Certel. Dito isso, agradeceu o espaço; até uma próxima oportunidade e fiquem com Deus.


Vereador Marcelo Brentano: cumprimentou a presidente, os senhores Vereadores, a comunidade, os Vereadores eleitos, o Vice-prefeito Evandro Biondo. Também o presidente Erineo, a sua diretoria, toda a comunidade presente. Agradeceu a toda diretoria da Certel por ter vindo a esta Casa e explanar para os Vereadores que são representantes do povo. E também a imprensa que se faz presente, é importante porque são eles que vão levar essa informação adiante; vão explicar para a comunidade o que acontece hoje com a Certel e da dificuldade que ela passa. Repetiu a palavra do presidente diz que o seguinte: “a Cooperativa não vai sobreviver”, eu vou repetir de novo, a Cooperativa não vai sobreviver se nós não conseguirmos através da quota capital, que a Cooperativa pede ao associado, este valor de vinte e cinco por cento,  que será retribuído depois, tem certeza disso. Com certeza não serão dois anos que antes disso, esta diretoria, o grupo Certel vai sair dessa situação. Como associado também e além de Vereador, disse que a empresa Certel, muito ajudou Teutônia através de parcerias com o futebol, de parceria com educação e cultura, a parceria social, parceria ambiental. Sabe que mexe no bolso; sabe também que não pode pensar somente em si, que se deve pensar na instituição que gera seiscentos e oitenta, quase setecentos empregos, e que diz que senão sobreviver,  isso quer dizer que ela fecha e que seiscentos e oitenta famílias estarão desempregadas. Além disso, gera duzentos milhões/ano de faturamento, e muito deste faturamento, colegas Vereadores, para Teutônia. Então mais uma vez, muitas vezes ajudaram o Hospital Ouro Branco que passa por dificuldades, e que a Certel é uma grande empresa no projeto “Mãos Dadas”, que também ajuda o hospital. Agora ela pede ajuda. E como associado, como Vereador, disse que se depender dele, vai fazer a sua parte, porque sabe que a quota capital, esse dinheiro vai estar lá guardado, é preciso pensar no conjunto, numa instituição, colegas Vereadores, muitas vezes, viemos a esta Tribuna, e dizemos somos a Terra do Cooperativismo. Sim, se queremos ser a terra do cooperativismo, é momento de fazermos, de cooperar, de ajudar um pouco para cada um; podemos ajudar a instituição Certel. Falar de gestão ou não gestão, o presidente passou os investimentos. Sabemos da crise financeira que o nosso país passa. Então muitas vezes, é fácil criticarmos, atingirmos, batermos. Claro, transparência acima de tudo; e isto a Cooperativa Certel mostra hoje, vindo aos onze Vereadores, representantes de mais de trinta mil pessoas. E essa cooperativa que tem mais de sessenta mil associados, é preocupante; repetiu que não vai sobreviver, palavras do nosso presidente; com certeza que menos de um ano, ou dentro desse prazo de dois anos, vendendo os ativos que foram mostrados, com certeza que a cooperativa volta, e volta com força máxima. Nós precisamos cooperar, nos ajudar, para votar a ter as parcerias sociais, ambientais, na área da cultura e da educação, do esporte, do futebol, quantas famílias, quantas instituições já foram ajudadas. Sim, o meu posicionamento é a favor. Disse que é associado, que vai sair do seu bolso, este investimento em quota capital. Então esta é a sua posição. Registrou que a imprensa foi convidada para que venha para cá, não é uma audiência pública, isto também precisa ser esclarecido. Os Vereadores tiveram um convite da Certel, para explanar, para mostrar a transparência, e isso é importante. E talvez por isso não tenha mais pessoas, mas foi divulgada essa nossa sessão, como todas as quintas e aproveitar para pedir que todos venham nas nossas sessões. É importante, muito bem. O segundo assunto é, sobre o Arroio da Cuba, sobre o Arroio da Várzea, sobre as enchentes, pela não limpeza dos arroios. Claro que choveu em excesso, choveu bastante e a enchente aconteceria. Mas por quatro anos vem a esta tribuna e pede a limpeza do Arroio da Cuba. Pediu o Arroio da Várzea, o excesso de cascalhos, árvores dentro desse arroio. Então, nem tudo em Teutônia, é um país das maravilhas. Nem tudo é como aqui se vem e se diz. Temos sim problemas, e esses problemas, volta a dizer nesta tribuna, mais uma vez, por quatro anos pediu e não conseguiram uma licença ambiental. Disse que não consegue acreditar nisso. E vem mais chuva por aí, e mais pessoas terão problema de ter água nas suas casas. Aquele que não sentiu isto na pele, não sabe do que está falando. Mas aquele que já sentiu a água entrando em sua casa, quando aparece uma nuvem. Por isso pediu ao Prefeito Municipal, senhor Renato Airton Altmann, que limpe os arroios da querida e linda cidade de Teutônia. Muito obrigado. Fiquem com Deus.
 
Vereador Claudiomir de Souza: cumprimentou a presidente desta Casa, a Mesa Diretora, cumprimentou também todos os colegas Vereadores, a imprensa, a assessoria da Casa que sempre dá todo o suporte necessário, a nossa assessoria jurídica também; cumprimentou todos os que estão hoje participando dessa  sessão na Câmara de Vereadores. O Erineo, presidente da Certel, a todos os seus colaboradores, o grupo da direção da Certel. E também, em nome do Silvério, ex-secretário da agricultura, que muito já contribuiu também com o município. Sugeriu que, quem sabe no ano que vem os Vereadores eleitos, possam fazer uma homenagem a todas as pessoas; os Secretários e ex-secretários que já cooperaram, que já  prestaram o seu serviço ao nosso município, que tanto contribuíram para o nosso município. E é importante muitas vezes lembrar-se das pessoas, depois que elas morrem. Uma homenagem às pessoas que muitas vezes se doam, e o nosso município em vida é muito importante. Agradeceu, pois sempre foi um colaborador deste município. Em nome do Gerson, do Natal, cumprimentou                                                                                                            todos esses empresários que se fazem presentes; é muito importante a participação de vocês, saber  o que  se  passa dentro da Câmara de Vereadores. Cumprimentou também, em nome da Keetlen, do Paniz, do Eloir, dos Vereadores eleitos. A Aline, o quanto é importante estarem aqui, participando, pegando esse vínculo com a Câmara de Vereadores, o quanto é importante com toda a simplicidade e humildade nossa, os mais antigos. Disse que já vai para o seu terceiro mandato, para se colocar à disposição da comunidade, daquilo que for necessário de suporte, de experiências, que já adquiriram nessa experiência de oito anos nessa Casa, oferecerem todo o suporte necessário, dar o seu melhor junto à Câmara de Vereadores; cumprimentou todos, o Diego Tenn Pass. Essa juventude o quanto é importante vir com gás, vem com determinação, no trabalho da Câmara de Vereadores, o quanto é importante o trabalho e a realização de um sonho pessoal também. Porque lembra também quando se colocou à disposição, como candidato, quanto foi prazeroso para sua família que investiu no sentido que apostou que confiou. Então a família é o suporte, a base de tudo. Cumprimentou o Jayme que é o homenageado dessa noite; no intervalo, estaremos homenageando o Jayme pela conquista  do  campeonato brasileiro de dois mil e dezesseis de Hapkido em Belo Horizonte. O pastor João; enalteceu também o belo trabalho que ele vem fazendo junto à Comunidade Cristã, e o Jayme que está sendo homenageado como um campeão; ele é um dos resultados deste trabalho que o senhor, a equipe vem fazendo com o Ricardo Wagner de pessoas que estavam talvez diante de situações difíceis, como é o caso do Jayme; disse que acompanhou desde o início de sua chegada. Ele é cidadão de Brasília, veio morar em Teutônia, sabe como ele chegou à cidade e o quanto foi importante para ele este trabalho que vem fazendo com as famílias. Teve a sua família restaurada e recuperada, e quem sabe um dia irão proporcionar a ele uma ocasião especial e que ele possa falar de tudo aquilo que já aconteceu na vida dele, através deste trabalho que estão fazendo,  recuperando as pessoas para que elas possam dar o seu melhor, então o resultado disso, desse investimento nas pessoas está aí, um campeão nacional de Hapkido. Parabenizou ao Jayme e a sua família, ao seu esforço, luta e determinação que tanto se empenhou para que isso acontecesse; também pessoalmente para este Vereador, é um motivo de muita alegria para nós; é muito orgulho poder ver este trabalho que a gente vem fazendo hoje, vem sendo reconhecido nacionalmente como campeão, e assim vem gerando discípulos, ou seja, muitos dos alunos na academia vêm se tornando campeão; tem gerado uma geração de campeões. Então isso nos alegra e precisamos ressaltar este trabalho que vem sendo feito, o trabalho de suporte com as pessoas, com as famílias. Também se posicionou em relação ao que vem acontecendo com a Certel; foram procurados pelos Vereadores, os sócios e sem ter muito conhecimento, evitou se manifestar sem antes ouvir a parte da Certel, e hoje pela manhã, ontem, foram convidados para nessa manhã, junto à empresa, para termos alguns esclarecimentos para  nós. E escutando o que o Erineo e sua equipe passaram em informações e também relatando junto à imprensa. E o quanto é importante o trabalho da imprensa, e vai ser ainda o trabalho da imprensa para poder divulgar, da saúde financeira dessa empresa o que muitas vezes quando ouvimos uma parte, quando não temos entendimento completo do que é realmente a necessidade desse trabalho que vem sendo feito. Então depende dessa decisão para manter em atividade esta empresa; e junto com ela a cooperativa de energia, e sabemos o quanto é difícil, comentou que tem a sua família que mora no Travessão, entre o município de Teutônia e Paverama, e a família da sua esposa, nas terras de seu sogro; eles são assistidos por outra empresa de energia, quando se termina a luz leva-se um dia, dois dias, três dias para se retornar a luz. E qualquer nuvem no céu, lá se foi a luz. E sabemos o quanto a Certel tem se empenhado com os seus colaboradores; o quanto ela tem lutado para que no máximo em meia hora, quarenta e cinco minutos, duas horas a luz já é reposta, e nós não temos nenhum prejuízo, as empresas não tem prejuízos, os agricultores não tem prejuízos. Então vai ser dolorido para os associados, mas se for o preço necessário para ser pago, então vamos pagar o preço para que tenhamos esse resultado. Então agradeceu a Vereadora Mareli, presidente desta Casa, por este espaço. Pediu um minuto para falar de uma viagem que foi fazer ontem à Porto Alegre, onde esteve reunido com o Deputado Elton Weber que representa nossos agricultores junto com o sindicato; recebeu uma ótima notícia quanto a questão da importação do leite e que ocasionou essa diminuição no preço pago pelo leite aqui na região, no estado, ou seja, trinta centavos a menos a queda do preço do leite. Então ele já está com uma carta em mãos, já está trabalhando lá em Brasília para que volte este valor do leite. Que este leite importado do Uruguai não possa mais ser ele adicionado junto ao leite longa vida. Então, muito obrigado Vereadora por este espaço e até uma próxima oportunidade. Vereador Gilberto Frigo: saudou os colegas Vereadores, e a todos que já foram saudados no protocolo, também pediu a presidente que encaminhasse um ofício, como proposto pelo colega Vereador Ariberto, a todos os candidatos que colocaram o seu nome à disposição, a todos, a gente sabe como que é concorrer, também sabemos da dificuldade dos partidos, dos militantes, então, todos que estão presentes aqui, e todos os candidatos que colocaram à disposição o seu nome os meus parabéns. Com certeza, é uma experiência muito válida. Mas queria em muitas palavras endossar as palavras dos colegas Vereadores que falaram da importância da transparência, onde foram chamados pela empresa Certel. Como associado e também como Vereador apoia esta ideia tanto da transparência, como da sobrevivência, que hoje a Certel precisa muito da comunidade. E pediu em nome dos colegas Vereadores, em nome da população; pediu que a imprensa divulgasse com clareza a explicação que o presidente Erineo passou com os dados que foram aqui apresentados, para não ficar nenhuma dúvida a população. Acredita que o meio mais forte de divulgar é a imprensa. Porque muitas vezes fizemos audiências públicas, assembleias, que são convidados e muitas vezes a população não comparece.  Sabemos que no momento difícil que vivemos, sabemos que não é fácil desembolsar mais um valor. Mas também sabemos que de repente seja o único caminho; vamos esperar que não sejam dois anos, que seja menos. Mas acredita que pelo trabalho que a Certel vem fazendo junto com as cooperativas no município de Teutônia, com certeza devemos dar amparo. Acredita que não devemos achar culpados, não é momento de acharmos culpados e defeitos em gestões, acredita que devemos nos abraçar para voltar a crescer, para voltar ao normal. Por isso que a transparência sempre foi foco. A gestão, independente de dificuldades, acredita que devemos seguir nesse modelo, acredita que em breve estaremos, novamente aqui, falando do êxito. Então apenas queria aqui, sabe que há muitas dúvidas na população. Os Vereadores são cobrados e muitas vezes, as dúvidas vêm distorcidas, muitas vezes as dúvidas vêm colocadas em fatos não reais. Por isso devemos pedir este grande apoio a todos que divulguem os dados da melhor clareza possível.  E por isso mais uma vez pediu a compreensão de todos.  Obrigado pelo espaço presidente.


Vereadora Mareli Lerner Vogel: uma saudação especial a toda a comunidade que sempre participa e prestigia; com muita honra o amigo Jayme Quint e novamente poder homenageá-lo nessa Casa pela tua disciplina, pela tua dedicação, pela tua força de vontade neste trabalho e assim também levar o nome de Teutônia nessa modalidade para muito além do território do nosso município. Agradecemos muito e lhe cumprimentamos e é justa esta homenagem. Da mesma forma saudou a presença do presidente Erineo e toda a sua equipe, o Milton, o Ernani, o Ilvo, também o Silvério que acompanha e os demais representantes, o Carlinhos que está aí, colaboradores, funcionários e executivos da Certel. Sejam bem vindos e agradecemos por sempre estarem abertos e à disposição ao diálogo, e por estar nesta Casa hoje. Registrou a presença do Vice-prefeito e agradeceu sempre pelo diálogo, pela participação e cumprimentou os Vereadores eleitos que já foram saudados todos aqui e demais comunidade. Esta semana representou a AVAT, a Associação dos Vereadores e esta Casa, no Conselho, no Codeter, na reunião do Codeter que aconteceu  em Teutônia na Cooperagri, que é o Conselho de Desenvolvimento Territorial Rural que também debate sobre eixos, sobre desenvolvimento rural do Vale do Taquari. Várias questões abordadas como esta polêmica do leite, dos lácteos, enfim de toda expansão que tem que haver para o fortalecimento também da agricultura, do agronegócio no Vale do Taquari. E ontem podemos participar a convite da Capitão Carmine da Brigada Militar, do décimo oitavo aniversário do CRPO de Lajeado, do Comando da Brigada Militar, e sugeriu que a Casa encaminhasse um ofício, cumprimentando pelo excelente trabalho prestado pela Brigada Militar, também neste período eleitoral e também o serviço prestado pela comunidade. Como os que a antecederam e registraram sobre as questões da Certel, e é a pauta do momento, tanto na imprensa quanto nas redes sociais, na comunidade de Teutônia e fora de Teutônia; cumprimentou o senhor presidente Erineo, pelo seu trabalho a frente, e toda a diretoria, pela atuação com transparência, pelo comprometimento que tens, e vocês, toda a equipe com a Cooperativa, e principalmente por estar fazendo este enfrentamento. Vimos os números desde quando você assumiu a presidência, essa executiva, da redução, mas ainda foi necessária essa medida. Então como já foi falado, esta Casa, os Vereadores não têm o poder de gestão, cabe a vocês, sabe-se do comprometimento do trabalho que vocês tem feito. O aumento da quota de capital, muito bem explicado, fez-se necessário, segundo esta explanação, para a manutenção dos serviços com eficiência. O Cláudio registrou outras concessionárias, prestadoras de serviço de energia da dificuldade que se tem no atendimento, nas falhas e enfim na má qualidade de serviço. O que a Certel sempre fez com muita qualidade, com muito compromisso, com muita eficiência. E nos apresentava uma tarifa menor. Pontos que tem que serem avaliados. Dentre outros que estão sendo hoje postados nas redes sociais, assim como também os da classe política muitas vezes atacados, muitas vezes não podemos botar tudo no julgamento genérico, na vala comum.  Temos que avaliar este momento. E defende como os colegas Brentano, Gilberto e demais colocaram também pela sobrevivência desta Cooperativa. Primeiro por este trabalho de qualidade prestado, da energia elétrica; segundo pelo excelente trabalho social que sempre desempenharam em Teutônia para a nossa comunidade, junto trabalho com o hospital; este projeto de mãos dadas no esporte; sabemos quanto, ao longo de todos esses anos que a Certel dedicou; quantas crianças tiradas da rua ou tiradas da droga, tirada da violência, do tráfico ou enfim de outras situações, pela dedicação da Certel, agora sim, o cidadão também se questiona que novamente cai no bolso, é tirado do bolso do cidadão; como às vezes algumas ações do governo federal, de aumento de impostos. O nosso governo estadual passou por isto também no início de sua gestão. Mas é sim neste momento que o Cooperativismo, a Cooperação tem que falar mais alto. É sim neste momento que precisamos nos unir pela manutenção e sobrevivência desse serviço com qualidade, porque assim também anos atrás criticávamos o pedágio quando tinha que ser pago, quando ele foi suspenso e este serviço foi retirado, viu-se a falta que faz. Então, também não quer que outra concessionária venha assumir este serviço com má qualidade e ineficiência. Que a já se tem este conhecimento. Então pedimos o apoio da participação da comunidade, porque estamos vivendo este momento de transição, e o momento de enfrentamento, e como Vereadora não estará no próximo ano nesta Casa, disse aos futuros Vereadores eleitos. É o momento de enfrentar, e não pode ter medo de fazer este enfrentamento. Alguns presenciaram citações, se não faz nada, o Vereador é cobrado porque não atua; que não merece salário porque não faz nada; quando a gente toma uma atitude, faz uma ação, faz um debate, quando chama a comunidade, os Vereadores também são questionados que, que de repente, não fez a melhor maneira. Então uma coisa é certa, nunca irão satisfazer a todos, mas é preciso avançar, precisa assumir; ocupar os espaços sem medo de fazer os enfrentamentos. Deixou a seguinte mensagem, estamos vivendo este momento de transição da sociedade e é o momento em que vai prevalecer a transparência, porque a gente vê isso no meio político, em reuniões que muitas vezes estão sendo gravadas. Na campanha eleitoral a gente viu através de celulares, de filmagens, de vídeos, muitas coisas acontecendo. Mas é o momento do pertencimento, da participação, a comunidade precisa participar. É necessária a participação de todos, nestes debates, nessas assembleias, nas audiências, na Câmara de Vereadores, enfrentamento pelo diálogo e pela transparência. E finalizou que a gestão centralizada e autoritária está em decadência, está com os dias contados, seja ela o poder público, seja o poder privado. Quem está ocupando este espaço como o senhor presidente, e também sabemos que a gestão centralizada, autoritária está com os dias contados. É preciso fazer o enfrentamento, por isso cumprimentou a Certel, por essa coragem, por esta determinação, de estar levando a comunidade a informação como ela é. Muito obrigado.